Title Page (3).png

equilibre sua balança interior.

Meditação

Como você tem lidado com distrações, irritação, stress, ansiedade, insônia....?

Pessoas estressadas disseminam mais stress. Pessoas ansiosas multiplicam mais ansiedade. 
Segundo a Organização Mundial da Saúde, há décadas, o povo brasileiro é o mais ansioso do mundo e também 
lidera os números da depressão na América Latina. Mas você pode reduzir níveis de
stress, fadiga e ansiedade, 
aprendendo a gerenciar sua atenção e o seu sistema interno - com simplicidade, de modo natural e seguro. 
Conheça, assimile esse caminho e faça dele um bom hábito nos seus dias.

conheça o jeito mais simples, gentil e seguro para começar a meditar.

4.png
2.png
5.png
3.png

Conheça a prática sem cunho religioso, que trabalha a essência da meditação que tem proporcionado resultados tangíveis com validação científica nos 4 cantos do mundo.

Saiba para quem a prática é indicada, que cuidados tomar e dicas para começar a introduzi-la em sua rotina.

Conheça os grupos de apoio aos praticantes, e veja qual a melhor opção de agenda para você ingressar nesse compromisso consigo mesmo.

Veja quais são as perguntas mais frequentemente feitas por quem gostaria de começar mas tem dúvidas sobre a prática.

7.png

Há um momento do seu dia

dedicado a perceber mais

da vida, enquanto ela acontece?

Foram necessários mais de 2.500 anos para vermos uma tradição tão antiga quanto a história das primeiras civilizações sendo validada pela ciência moderna ocidental que só nasceu há cerca de 300 anos. E foi há apenas 40 anos que as técnicas milenares da prática meditativa começaram a despertar o interesse da neurociência. Foi então que a meditação finalmente encontrou um caminho de pesquisa no ocidente com espaço para investigar o campo mais sutil da mente, reconhecendo a neuroplasticidade como reflexo de fatores cognitivos e bio-psico-emocionais.

 

Com a epidemia de ansiedade e depressão crescendo no mundo, os recursos e técnicas da meditação finalmente ganham vez e maior atenção da medicina clássica - que não tem dado conta (sozinha) de tratar o problema em sua raiz e com profundidade. Assim, a meditação tem sido cada vez mais indicada como técnica terapêutica coadjuvante e indispensável aos tratamentos convencionais, com excelentes resultados aos seus praticantes !

01

O que é a meditação, afinal?

Existem inúmeras linhas meditativas, cada uma com sua própria estrutura e objetivos específicos. Nós adotamos MINDFULNESS - termo inglês traduzido como 'Atenção Plena', por trazer a essencialidade da meditação em uma base universal aberta a todos. E praticamos com "heartfulness", dando ênfase ao exercício da gratidão e da integralidade do fluxo da vida.
 

 

"Mindfulness é um caminho natural para disciplinar a mente a ser capaz de manter a atenção no momento presente, naquilo que está sendo vivido no exato instante. E poder fazer isso de modo intencional, sem julgamento e com gentileza."
 

 

Ao praticar, você estará promovendo o reequilíbrio do sistema bio-psico-emocional e um ganho significativo de autoconsciência. Nesse processo, também existem vários benefícios adicionais que são conquistados por quem mantém a regularidade da prática na rotina diária, consistentemente.

por Cinara Bastos

Mindfulness

Prática baseada em mais de 2.500 anos de 'know how'.

Foi sistematizada por Jon Kabat-Zinn, na Universidade de Masachussetts, USA, validada por neurocientistas e recomendada por profissionais da saúde em todo o mundo.

 
9.png

Mente mais centrada e serena.

Atenção presente, visão ampliada e inteligência a serviço da vida;

Coração mais tranquilo, campo emocional mais estável, intuição mais presente e assertiva;

Escuta ampliada e maior conhecimento do próprio corpo. Melhor manejo emocional de tensões, desconfortos e dores, quando necessário.

CONHEÇA MELHOR SEU SISTEMA, SUA VIDA.

Aprenda a manejar o foco da mente e as emoções para restabelecer o equilíbrio que é parte da sua natureza essencial.

 

Praticando, você descobrirá o potencial extraordinário que você tem em si mesmo

e que pode desenvolver naturalmente, de modo seguro, sem "artifícios" nem contra-indicações. Aos poucos verá que meditar é algo muito natural, e a meditação poderá tornar-se um dos seus maiores presentes.

Corpo - Mente - Energia Vital

...uma pausa e um caminho para reequilibrar seu sistema.

1. sem rótulos

2. sem julgamento

3. sem comparação

  • A prática meditativa NÃO é uma religião. Ela se concentra na essência do ser humano. Você pode praticar independente de sua crença religiosa.
     

  • Não há uso de incensos, nem é obrigatório se sentar em lótus.

 

  •  Também não julgamos os movimentos da mente. Nós aprendemos a observar o que está além dela.
     

  • A experiência é subjetiva e ocorre no campo da consciência individual. Não há necessidade de buscar "certo x errado"- trabalhamos com a experiência tal como ela se apresenta.

 

  • Não há melhor ou pior, ninguém "acima" e ninguém "abaixo" de cada praticante, apenas a experiência de cada um, no seu próprio ritmo e contexto singular.
     

  • A singularidade é absolutamente respeitada.

... a arte do autoconhecimento que dá base para a autogestão.

Em resumo: "um treino para a vida!"

"A meditação é o exercício de trazer a atenção ao momento presente, com gentileza e sem julgamento." Jon Kabat-Zinn

Um processo para re-harmonizar mente e coração, resgatar o equilíbrio e estar mais presente em si mesmo, por inteiro.

14.png

Benefícios que a prática regular promove:

Equilíbrio Sistêmico

16.png
18.png
  • Aumenta a sensação de bem-estar interno por estimular a homeostase do Sistema Nervoso (Simpático e Parassimpático), re-estabelendo sua harmonia entre o nível físico, mental e emocional.

 

  • Os benefícios são multidimensionais e podem ser sentidos também na qualidade do SONO, na melhora da DIGESTÃO, na capacidade de estabelecer vínculos e de conduzir as relações de um modo mais saudável e gratificante.

Autoconhecimento

Aumentando o nível de percepção dos sentidos e de como o praticante se relaciona com sua realidade.

Presença e Foco

Aprendendo a reconduzir sua atenção ao momento presente, com naturalidade e gentileza.

Resiliência

Compreendendo os mecanismos da mente e suas tendências particulares.

19.png

02

Quem pode praticar?

Mindfulness é uma prática destinada a todos - até mesmo crianças.

Conhecimentos milenares e estudos neurocientíficos recomendam essa prática para todos, desde que seja orientada por uma pessoa com experiência sólida e preparo adequado para conduzir cada grupo específico.

 

...cada um, um universo.

Todos com as mesmas questões humanas.

  • Toda pessoa que busca um pouco de quietude, equilíbrio, autoconhecimento, presença, atenção, foco, autoacolhimento;

 

  • Há uma orientação de prática adequada a cada público, a cada perfil, condição interna e fase da vida;

 

  • Estudos neurocientíficos e tradições milenares concordam sobre essa recomendação: é essencial começar a praticar um pouco de quietude o quanto antes, sempre com o acompanhamento de uma pessoa mais experiente e capacitada a orientar de forma adequada e segura.

 

  • Cada vez mais a meditação vem sendo adotada não só em centros de saúde e terapias integrativas como também é crescente sua inclusão em empresas, escolas e espaços comunitários.

03

Como funcionam os grupos?

Os encontros semanais regulares são um apoio para o iniciante adulto integrar e sustentar a sua prática pessoal em sua rotina diária. Neles, cada um avança em seu próprio ritmo, respeitando sua realidade singular. Todos contam com o acompanhamento e o apoio adequado para sanar dúvidas, curiosidades, e orientações específicas que forem necessárias.

A contribuição mensal é destinada exclusivamente para manter a Lumin'área.

Conheça o workshop de Introdução ao Mindfulness!

PRESENCIAL

  • TERÇA-FEIRA, 19H30

  • QUARTA-FEIRA, 8H15

  • SOB DEMANDA

ON-LINE

  • QUARTA-FEIRA, 19H30, VIA ZOOM

  • SOB DEMANDA

O que diz quem está participando...

"Maravilhoso, mesmo online. Achei interessantíssimo a experiência em casa, achei que não fosse dar conta. Eu senti a minha respiração, a profundidade dela, e a expansão dela dentro de mim. Uma sensação de espaço interno."

JOSETTE, PR

"A minha primeira experiência foi surpreendente, achei que seria mais difícil. O que senti principalmente foi a saída de coisas ruins. Uma sensação bem forte e duradoura. Estava com dor e tensa, e fiquei surpreendida com a capacidade de conseguir me liberar dessas sensações."

"Sempre fico me cobrando o que tenho que fazer, o que senti é como se eu tivesse pisado no freio, continuo acelerada mas consciente das sensações do meu corpo, com um autocontrole maior."

FERNANDA, PR

ANA, PR

"Foi bem proveitoso. Não tive sono em momento nenhum, tive insights muito especiais."

RAQUEL, PR

"A experiência é sempre muito boa. Ás vezes tento sozinha e não consigo, a prática trouxe um relaxamento muito bom, foi confortável, relaxante, aquecedor. Sempre é ótimo."

"O Silêncio vale ouro, e ás vezes em qualquer situação é melhor ouvir do que falar e ás vezes a gente não consegue manter isso, mas o silêncio é tudo, essa pausa é importantíssima."

SARA, PR

"Senti bem estar, uma coisa muito boa, de realmente ter conseguido alcançar um relaxamento agradável e olhar pra dentro que diante de tanta correria não conseguimos alcançar. Me sinto reabastecida e reequilibrada."

MAUREN, PR

MARLI, PR

"Achava que não fosse conseguir. Me sentia pesada antes, agora me sinto bem leve."

ELIZABETE, PR

"Foi maravilhoso, um momento muito interessante, pude sentir o meu silêncio e escutar a minha respiração."

ELIANE, PR

22.png
23.png
 
 

Veja quais são as perguntas mais frequentemente feitas por quem gostaria de começar mas tem dúvidas sobre a prática.

04

Dúvidas mais frequentes...

1. Preciso ficar sentado na posição de lótus para meditar?

Não. A rigor, você pode praticar Mindfulness em qualquer posição ou contexto, basta estar exercitando a atenção plena ao momento presente. Normalmente, a prática formal é feita com o corpo sentado sobre a cadeira, a poltrona ou o sofá, com os ísquios bem apoiados. Mas também pode ser feita em pé, sentado, ou mesmo deitado. A postura deitada não é muito utilizada porque facilita os estados de sonolência. A prática informal pode (e deve) ser integrada a qualquer atividade. Inclusive, o praticante é estimulado a levar a meditação para o seu cotidiano, respirando conscientemente e executando suas atividades em estado de atenção plena!

2. Quem pode praticar?

Toda pessoa que esteja procurando um processo simples e seguro de autoconhecimento e, por consequência, de desenvolvimento pessoal. Além disso, ela é também muito recomendada por profissionais da saúde como um apoio importante na redução dos níveis de stress, de ansiedade, e transformação de estados depressivos. Recomendamos e enfatizamos a importância de combinar Mindfulness com atividades físicas regulares (aeróbica e alongamento) para potencializar os benefícios da atenção plena.

3. Sou uma pessoa ansiosa demais, não consigo ficar quieta. Como essa meditação vai me ajudar?

A mente ansiosa está sempre acelerada, “tagarela” e pré-ocupada. Uma mente agitada também agita diretamente o corpo, e cria muita tensão interna. O exercício Mindfulness ajudará você a desenvolver a capacidade de manter-se conectado ao momento presente, e desenvolver condições internas mais adequadas para lidar com a vida (em todos os seus aspectos), momento a momento. Isso não quer dizer que você reduzirá sua capacidade de pensar sobre o futuro, ou resgatar memórias passadas. Não, ao contrário! Trará maior clareza mental e estabilidade emocional, tornando você mais livre de memórias dolorosas e capaz de evitar perder energia com expectativas irreais e ‘projeções’ desnecessárias – coisas que só trazem medo, inseguranças e frustrações.

4. Por que uma hora de prática?

Estudos revelam que o exercício da quietude em “atenção plena”, quando combinado a outras atividades (como alongamento e técnicas de respiração) os resultados são potencializados em diversos níveis. O praticante pode desfrutar de uma gama muito maior de benefícios tangíveis, por exemplo, na reconexão com o próprio corpo, no autoconhecimento, na qualidade do sono, na redução dos níveis de stress e de ansiedade. Uma hora de prática, na Lumin’área, é um tempo tão prazeroso que você nem sente passar!!

5. A meditação Mindfulness tem ligação com alguma religião?

O exercício dessa prática na Lumin’área não tem vínculo com nenhuma tradição religiosa. Mindfulness é uma abordagem cuidadosa da prática meditativa, que foi sistematizada e validada por neurocientistas e pesquisadores mundialmente respeitados na área da saúde. Qualquer pessoa – independentemente da fé que segue – pode praticar sem medo. E é reconhecida como a forma mais gentil e segura de aquietar a mente e tranquilizar o coração.

7. Posso fazer uma prática experimental?

Sim, você é nosso convidado(a) a vivenciar uma sessão de Mindfulness, sem compromisso com a continuidade no grupo. Caso aprecie sua experiência conosco e queira se juntar a nós, você será muito bem-vindo, bem-vinda!!!

6. O que é necessário para praticar?

Para iniciar, basicamente, você só precisa do desejo de se aquietar e de autoconhecer-se. No início, estar num lugar reservado e quieto, com a condução de uma pessoa experiente e o apoio de um grupo – tudo isso irá ajudar você a se manter focado, e ainda pode tornar a prática bem mais prazerosa.

*

O que não é meditação:

Uma moda:

  • A prática meditativa não é moda, ela é uma necessidade crescente para o ser humano moderno conseguir manter o equilíbrio de seu sistema bio-psico-emocional.
     

  • Quanto maior for o nível de complexidade e demandas da vida moderna, maior será a necessidade da prática meditativa ser adotada em bases diárias. 

"Desligar" a mente

  • Meditação não é sinônimo de "parar a mente", e "não pensar em nada", embora pode haver momentos em que a sensação seja essa;
     

  • Não é tentando fazer a mente "parar de pensar" que os pensamentos cessam e se conquista a quietude;
     

  • A mente é o equipamento mais complexo e sofisticado, seria um grande erro querer anular esse recurso precioso. Ao invés disso, o intuito é justamente aprender a utilizado em favor da vida em não contra ela!!

Passividade

  • A passividade é um engano, e um mito. Não meditamos para nos tornarmos pessoas passivas. Ao contrário, nós meditamos para sermos pessoas mais REAIS, mais presentes e conscientes!
     

  • O que a meditação faz é justamente nos tirar de um estado alienado e "automatizado" (onde prevalece a dispersão, impulsividade e reatividade) para um estado de maior presença, atenção e responsividade. Ou seja, praticando, ao invés de reagir ao que a vida traz nós vamos aprendendo a responder à ela com maior zelo e assertividade. De modo natural e autêntico.

conheça melhor, pesquise, experimente!

Quer saber mais sobre meditação e mindfulness?